Toggle Busca

  1. Home
  2. News
  3. Press releases
  4. 'Movimento por um Futebol melhor' une forças para revolucionar futebol brasileiro

'Movimento por um Futebol melhor' une forças para revolucionar futebol brasileiro

Ambev, Unilever, PepsiCo, Seara, Danone, Bradesco, Netshoes, BURGER KING® e SKY juntam-se aos clubes e torcedores em inédito programa que impulsionará o gigante potencial do esporte no país

O futebol brasileiro ganha a partir de 14 de janeiro de 2013 o maior reforço de sua história com o lançamento do Movimento por um Futebol melhor. A união de nove grandes empresas, redes de supermercados, clubes e sociedade promete gerar benefícios concretos para impulsionar a receita dos clubes por meio do programa de sócio-torcedor dos times. Ganham o torcedor e os clubes, que financeiramente sólidos poderão investir em infraestrutura, categorias de base e na contratação de craques no país pentacampeão mundial.

Ambev, Unilever, PepsiCo, Seara, Danone, Bradesco, Netshoes, BURGER KING® e SKYinauguram o projeto e darão descontos em produtos e serviços. Essa configuração, no entanto,é inicial, já que o Movimento por um Futebol Melhor é aberto a todas as empresas interessadas em apoiar o futebol.

Os benefícios oferecidos por Ambev, Seara, PepsiCo, Unilever e Danone começam a valer a partir do dia 14/01. Já a partir de fevereiro, Netshoes, SKY, Burger King® e Bradesco também passarão a conceder benefícios aos sócios-torcedores.p

O embaixador do Movimento por um Futebol melhor será Ronaldo Nazário, o Fenômeno, bicampeão da Copa do Mundo – e maior artilheiro da história do torneio – pela Seleção Brasileira e atual membro do COL (Comitê Organizador Local) do país junto à FIFA para a concretização do mundial de 2014.

Inicialmente, participarão os times de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Bahia, como Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Santos, Ponte Preta, Portuguesa, Flamengo, Fluminense, Vasco, Botafogo, Atlético, Cruzeiro, América, Vitória e Bahia.

Em março, após a operacionalização das redes de supermercados regionais, está prevista a inclusão do Rio Grande do Sul (Internacional e Grêmio) e Pernambuco (Santa Cruz, Náutico e Sport).

A expectativa é que até o final do ano os times do Ceará (Fortaleza e Ceará), Goiás (Goiás) e Santa Catarina (Figueirense e Avaí) entrem em campo, assim como os demais Clubes que compõem a parceria com a Brahma, que hoje totaliza 34 equipes.

Mecânica do projeto

O Projeto foi lançado após quase dois anos de estudos e trabalho, que agora propiciarão que as empresas participantes deem vantagens aos sócios-torcedores no consumo de seus produtos. As mensalidades têm preços variados, mas os benefícios são amplos. Os torcedores terão descontos inicialmente em cerca de 300 produtos em segmentos diversos como alimentos, bebidas, higiene pessoal, limpeza e material esportivo.

O sócio-torcedor precisará no final da compra apenas informar seu CPF. Os sistemas dos caixas estarão interligados à base dos clubes e o desconto será dado automaticamente. A nota fiscal mostrará ao final da compra quanto o cliente economizou.

No setor de serviços, os descontos passam por entretenimento e produtos financeiros. Isso representa tanto uma forma de gerar vantagens econômicas para uma grande fatia de torcedores ao mesmo tempo em que proporciona a vivência desse público com seu time de coração.

As redes nacionais parceiras são Carrefour e Extra. Em breve, o Walmart será outra grande opção. Em São Paulo, Rio, Minas e Bahia, o consumidor terá cerca de 20 redes à disposição.Para facilitar a identificação no ponto de venda os produtos participantes terão um selo do Movimento por um Futebol melhor.

Em paralelo, o site www.futebolmelhor.com.br(Link opens in a new window) será o grande portal para informações aos torcedores. Nele será possível ter acesso aos produtos e serviços participantes, os descontos, as redes de supermercados parceiras, os planos de cada clube e o saldo de desconto acumulado pelo sócio.

Economia em alta e expectativas

O cenário para o lançamento do Movimento para um Futebol melhor não poderia ser melhor. O Brasil ocupa a sétima posição na economia mundial, à frente de Espanha e Itália, países que hoje possuem grandes ligas de futebol.

Atualmente, 350 mil pessoas (0,2% da base de torcedores) participam de programas de sócios (dados referentes aos 34 times parceiros da Brahma). Se, com o Movimento por um Futebol melhor, conseguirmos atingir a meta de 3,5 milhões de participantes (2%), será possível gerar uma receita incremental superior a R$ 1 bilhão anuais aos cofres dos clubes. Esse montante será revertido para fazermos do Campeonato Brasileiro o melhor do mundo.

- Julio Campos, vice-presidente de vendas da Unilever:

“A Unilever tem uma forte relação com o esporte e, por isso, poder participar de um movimento que apoia a maior paixão dos brasileiros é motivo de muito orgulho. E não há melhor forma de incentivar o futebol do que proporcionando ao nosso consumidor a possibilidade de contribuir para o crescimento do seu clube e, em consequência, do esporte em todo o País”.

Explorar mais esses tópicos
Voltar ao topo