1. Home
  2. ...
  3. Press releases
  4. Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa da Unilever Brasil recebe certificação Ouro

Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa da Unilever Brasil recebe certificação Ouro

O Inventário é elaborado anualmente com o objetivo de identificar, mensurar, gerenciar e divulgar as emissões e oportunidades de mitigar os impactos das operações da Unilever.

A Unilever Brasil alcançou uma meta importante em Sustentabilidade. Pela primeira vez, a Companhia recebeu classificação “Ouro” no Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE), o que significa que todas as solicitações de informações das emissões pelas “Especificações do Programa Brasileiro GHG Protocol” foram cumpridas. O Inventário é elaborado anualmente com o objetivo de identificar, mensurar, gerenciar e divulgar as emissões e oportunidades de mitigar os impactos das operações da Unilever.

A Unilever Brasil começou a elaborar Inventários de Emissões baseado na metodologia Greenhouse Gas Protocol em 2008, com suporte da Consultoria Fábrica Éthica. Em 2009, ainda com o suporte da Consultoria, o Inventário foi elaborado de forma independente e obteve a primeira certificação externa junto à KPMG, utilizando a metodologia GHG Protocol num modelo taylor-made (sob-medida).

Em 2010 a Unilever filiou-se ao Programa Brasileiro GHG Protocol, que é a versão adaptada aos parâmetros de emissões do Brasil, com o intuito de trazer as características locais ao seu Inventário, bem como compartilhar experiências com outras grandes empresas que estão filiadas ao Programa.

Pelo segundo ano consecutivo, a Companhia realizou a certificação do Inventário junto à KPMG, que auditou as operações, realizou a conferência dos dados e validou os cálculos de emissões realizados pela metodologia GHG Brasil. Esta verificação, associada ao reporte completo das especificações exigidas, nos possibilitou a classificação Ouro neste primeiro ano de filiação ao Programa Brasileiro.

“É importante ressaltar que este Inventário é parte de uma estratégia de minimização de impactos ambientais, que determina que em 2012, nossas emissões devem ser menores ou iguais às emissões de 2007, mesmo com o nosso crescimento”, afirma Renan Rocha, Gerente de SHE Não-Manufatura.

Sobre o GHG protocol

O GHG Protocol é a ferramenta mais utilizada mundialmente pelas empresas e governos para entender, quantificar e gerenciar suas emissões.

O GHG Protocol foi desenvolvido pelo World Resources Institute (WRI) em parceria com o World Business Council for Sustainable Development (WBSCD). Dentre as características da ferramenta destacam-se o fato de oferecer uma estrutura para contabilização de GEE, o caráter modular e flexível, a neutralidade em termos de políticas ou programas e o fato de ser baseada em um amplo processo de consulta pública.

A metodologia do GHG Protocol é compatível com as normas ISO e as metodologias de quantificação do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC), e sua aplicação no Brasil acontece de modo adaptado ao contexto nacional. Além disso, as informações geradas podem ser aplicadas aos relatórios e questionários de iniciativas como Carbon Disclosure Project, Índice Bovespa de Sustentabilidade Empresarial (ISE) e Global Reporting Initiative (GRI).

Com o objetivo de identificar e diferenciar os aprofundamentos em Inventários e também de promover uma melhoria contínua no processo de desenvolvimento dos mesmos, o Programa Brasileiro desenvolveu uma qualificação dos Inventários, classificando-os em:

  • Bronze – Inventário Parcial, do qual são informadas parte das emissões solicitadas pelas “Especificações do Programa Brasileiro GHG Protocol”
  • Prata – Inventário Completo Auto-Declarado, do qual são informadas todas as emissões solicitadas pelas “Especificações do Programa Brasileiro GHG Protocol”, mas não há verificação de terceira parte.
  • Ouro – Inventário Completo e Verificado, do qual são informadas todas as emissões solicitadas pelas “Especificações do Programa Brasileiro GHG Protocol”, e há verificação de terceira parte.
Explorar mais esses tópicos
Voltar ao topo