Ir para Conteúdo

Crianças tomando sorvete na praia

Compromissos globais para nenhum marketing de alimentos à menores de 16 anos

Estamos aumentando a idade para restringir o marketing de alimentos e bebidas para crianças de 13 a 16 anos. É um dos nossos princípios aprimorados, reconhecer a influência da publicidade nos canais digitais e sociais e apoiar os pais na escolha de guloseimas adequadas para sua família.

Vivemos em um mundo cada vez mais digitalizado e, embora as mídias tradicionais, como a TV e a propaganda nos pontos de venda ainda tenham um papel importante a desempenhar na publicidade, as marcas e seus públicos estão cada vez mais engajados e interagindo nos canais sociais e digitais.

Há mais de 15 anos, a autorregulação no setor de alimentos e bebidas tem apoiado o marketing responsável para crianças. Na verdade, a Unilever foi uma das primeiras a aplicar princípios para o marketing de alimentos e bebidas para crianças.

Mas à medida que nosso setor e nosso público evoluem, continuamos nos desafiando a elevar os padrões. Temos trabalhado arduamente para fortalecer os critérios coletivos do setor para o marketing responsável. Por exemplo, criamos, entre muitas outras iniciativas, os padrões #Unstereotype, que aumentam a diversidade e a inclusão nos criadores e no conteúdo de nossos anúncios.

Agora estamos indo ainda mais longe, defendendo um compromisso com os novos princípios globais para o marketing responsável para crianças.

Trabalhando para elevar os padrões do marketing responsável para crianças

Em nosso mundo conectado, as crianças aprendem online. Aos 12,13 anos de idade, em média, uma criança ganha seu primeiro smartphone. A partir dos 13 anos, elas podem entrar no mundo das mídias sociais, criando seu próprio conteúdo e se engajando e seguindo influenciadores em plataformas como Instagram, TikTok, YouTube ou Facebook.

Entendemos que as crianças estão cada vez mais expostas a conteúdo promocional online de uma ampla variedade de setores. Então, a partir de 1º de janeiro de 2023, a Unilever deixará de fazer a propaganda e o marketing de alimentos e bebidas para crianças menores de 16 anos, tanto na mídia tradicional quanto nos canais de mídia social.

Como sempre, nossas comunicações de marketing e nos pontos de venda cumprirão todas as leis e regulamentos relevantes do país, assim como os códigos autorregulatórios que nos orientam. Em alguns mercados, incluindo, por exemplo, o Reino Unido e Portugal, os códigos e leis existentes significam que esses novos princípios já são parcialmente atendidos, totalmente atendidos ou até mesmo superados. Mas para a maioria dos países em todo o mundo, este é um importante passo à frente.

Nossos novos princípios fundamentais para o marketing responsável para crianças

  • Não teremos como público-alvo crianças menores de 16 anos em nenhuma comunicação de marketing ou mídia social.
  • Não coletaremos ou armazenaremos dados de crianças menores de 16 anos.
  • Não usaremos influenciadores, celebridades ou estrelas de mídia social que tenham menos de 16 anos ou que tenham apelo principalmente às crianças com menos de 16 anos.
  • Forneceremos uma divulgação clara e proeminente de nossas disposições aos influenciadores e limitaremos o apelo infantil no conteúdo do influenciador.
  • Continuaremos a abster-nos de promover nossas marcas ou produtos nas escolas, com exceção da participação em campanhas educativas quando especificamente solicitado.

Reconhecendo e reagindo ao poder da influência da mídia social

Os princípios serão aplicados em todo o portfólio de alimentos e bebidas da Unilever, o que inclui os sorvetes. “Acreditamos que as pessoas merecem uma guloseima de vez em quando”, diz Matt Close, Presidente de Sorvetes da Unilever. "Estamos comprometidos em comercializar essas guloseimas com responsabilidade. Isso significa que precisamos reconhecer o poder das mídias sociais e do marketing de influenciadores nas escolhas das crianças – e abordá-lo”.

De fato, as informações que recebemos de nossos consumidores nos dizem que, além das refeições principais, as crianças consomem cerca de 12 lanches por dia, e que consomem sorvete 5x mais que os adultos. Também descobrimos que 88% desses lanches são consumidos com outras pessoas e, nesses momentos, as crianças são os principais tomadores de decisão.

Indicação clara nas embalagens para apoiar decisões informadas

Nossa nova abordagem de marketing foi desenvolvida para ajudar pais e responsáveis a identificar as guloseimas adequadas que oferecemos para as crianças sem comprometer a vontade delas de consumi-las..

Por exemplo, sorvetes como Twister, Paddle Pop, Mini Milk e nossa linha Disney, assim como nossa bebida Horlicks Health e os mingaus de Maizena..

Nossa promessa 'Responsably Made for Kids' para os sorvetes garante que os produtos sejam vendidos responsavelmente de uma maneira que permita que pais e responsáveis façam escolhas informadas. A promessa também garante que os produtos sejam desenvolvidos responsavelmente para animar e recompensar as crianças com um sorvete feito de acordo com os Mais Altos Padrões Nutricionais da Unilever, e que tudo isso seja comunicado responsavelmente em um marketing que adere aos nossos novos princípios aprimorados.

“Nosso objetivo é continuar a reduzir a exposição das crianças à publicidade do setor de alimentos e bebidas e, em vez disso, apoiar os pais na escolha de guloseimas adequadas”, diz Matt. “Dessa forma, os responsáveis são colocados de volta no controle, como tomadores de decisão, quando se trata das guloseimas para seus filhos”.