Ir para Conteúdo

Unilever Hero Juliana Abreu, smiling, with Unilever-branded background

Levando alimentos e higiene a uma população carente

Juliana Abreu inspira o programa de doações da Unilever Brasil.

Conheça Juliana, uma de nossas Heroínas Unilever de 2021. Todos os anos, no Heroes Awards (prêmio dado aos nossos heróis e heroínas), reconhecemos alguns funcionários que foram além de seu trabalho diário. Diante das dificuldades dos últimos 12 meses, suas histórias são ainda mais marcantes, levando ajuda e esperança a comunidades no mundo todo. Estamos profundamente orgulhosos deles.

O Brasil tem feito esforços exemplares para reduzir a fome e em 2014, foi retirado do Mapa da Fome do Programa Mundial de Alimentos. Mas em 2021, estava de volta ao mapa, lutando com altos níveis de insegurança alimentar.

A Covid trouxe consigo uma série de problemas sociais e econômicos. O alto número de mortos e o enorme impacto econômico levaram muitas pessoas de volta à pobreza e à fome.

Mas nestes tempos difíceis, existe dedicação e ações decisivas. Ao ver aumentar a distância entre as classes sociais do país, Juliana Abreu, gerente de Assuntos Corporativos de nosso escritório em São Paulo, estava determinada a agir.

“Eu não podia deixar as coisas continuarem como estavam”, diz ela. “Eu queria fazer o melhor não só para o planeta, mas também para as pessoas aqui no Brasil”.

Não foi difícil identificar as prioridades. “Saúde, higiene e fome – são os grandes problemas”, explica ela. Os problemas foram agravados pela inflação no setor de energia, com os custos de combustível subindo vertiginosamente.

Lançando um esquema de doação

A Unilever estava em condições de fazer doações de produtos, mas em um país tão grande e complexo como o Brasil, doar produtos não é tão simples. Havia obstáculos a serem superados: a logística, o complicado sistema tributário brasileiro e a cultura burocrática do país.

Para facilitar o processo, uma equipe multifuncional foi formada dentro da Unilever Brasil, mantendo contato dia a dia, para movimentar as doações e acelerar os processos.

A equipe trabalhou em conjunto para acordar listas de doações de produtos, alinhar prazos de entrega e manter todos a par.

Trabalhando em parceria para doar

A Unilever Brasil é parceira do Banco de Alimentos Sesc Mesa Brasil há mais de dez anos, mas no início da pandemia, o banco de alimentos foi fechado. Então, Juliana identificou outras organizações que atendem aos menos favorecidos e estabeleceu novas parcerias, priorizando hospitais, asilos e comunidades com pessoas vulneráveis.

Ela também trabalhou com governos a nível federal, estadual e municipal para aumentar o alcance das doações da Unilever. A Unilever tem parcerias de longa data com a UNICEF e a ACNUR (agência para refugiados) e através delas, nossas doações foram transportadas para estados do norte e nordeste do país.

“De secretários de prefeitos estaduais e municipais a agentes de saúde na linha de frente e instituições beneficentes que atuam nas favelas, estabeleci novos contatos e construí relacionamentos”, explica Juliana.

Donations made at a football pitch in one of Rio de Janeiro’s favelas

Favela Para-Pedro, Rio de Janeiro: doações sendo distribuídas em um campo de futebol para permitir o distanciamento social. A Unilever trabalhou com a ONG CUFA para distribuir pacotes de macarrão Knorr.

Doações de produtos para os necessitados

Produtos de higiene, limpeza e alimentação eram extremamente necessários. As marcas globais de alimentos Hellmann’s e Knorr fizeram doações, juntamente com as marcas locais Mãe Terra, Arisco e Cremogema. “Em um evento, doamos sorvete para os varredores de rua”, conta Juliana.

Woman receiving a donation with a cheerful thumbs-up

Mulher recebendo kit de doação no bairro de Heliópolis, em São Paulo

Sabonetes e produtos de higiene pessoal foram doados em larga escala, com destaque para Dove, Rexona e Lux. Os produtos para limpeza doméstica apresentaram uma alta demanda durante o pior da pandemia e foram distribuídos para hospitais e secretarias municipais de saúde. Um produto surpreendente foi desenvolvido em edição limitada: Cif + Heineken. Tratava-se de um limpador e desinfetante à base de álcool, com o álcool fornecido pela cervejaria Heineken, e foi distribuído para famílias que moravam nas favelas em São Paulo.

Donations being organised at a basketball court, with a human chain shifting boxes

Doações sendo divididas, prontas para distribuição às famílias em São Paulo, com a colaboração da organização local sem fins lucrativos UNAS Heliópolis.

Por causa da enorme extensão geográfica do Brasil, a logística da Unilever Brasil – que atende bem em tempos normais – teve que ser repensada para levar as doações rapidamente às comunidades remotas carentes. “Trabalhamos com diversas grandes organizações com capacidade de distribuição rápida”, conta Juliana. “Juntos, conseguimos distribuir as doações à longas distâncias e com eficiência”.

Boxes being unloaded from a riverboat

Doações da Unilever sendo entregues a uma comunidade ribeirinha no estado do Amazonas.

Milhões alcançados

Como resultado dos esforços da Unilever Brasil, os produtos foram distribuídos para mais de 16 estados. Os números são impressionantes: mais de 2 milhões de famílias foram alcançadas e 4 milhões de refeições fornecidas. Mais de 3.000 toneladas de produtos foram doadas.

E em uma ação que veio direto do coração, os funcionários brasileiros concordaram em usar o orçamento reservado para uma festa de fim de ano para doações de alimentos. Mais de 800.000 pacotes de macarrão Knorr foram distribuídos em diferentes partes do país, em colaboração com duas ONGs.

Também foi dada ajuda para facilitar a vacinação. “Nos municípios onde temos nossas fábricas – Aguaí, Igarassu, Ipojuca e Garanhuns – doamos itens como freezers, notebooks, barracas e caixas térmicas”, explica Juliana.

E o que esses sucessos significam para ela? “Estou orgulhosa por termos tido um impacto no meu país e no seu povo”, diz ela. “Mas eu sei que ainda posso fazer mais”.