1. Home
  2. ...
  3. Press releases
  4. Pele masculina também precisa de cuidados

Pele masculina também precisa de cuidados

Já faz um bom tempo que os homens também se preocupam com os cuidados com a pele. As opções nas prateleiras são muitas e é preciso atenção para escolher o produto ideal para cada um.

Produtos devem respeitar o tipo de pele do homem

Preocupar-se com a aparência, faz um bom tempo, não é mais exclusividade feminina. Cada vez mais, os homens têm investido tempo e dinheiro em procedimentos de beleza e cuidados pessoais. Não são mais completos leigos no assunto, mas é comum que ainda fiquem um pouco perdidos na hora de escolher entre os vários tipos de cremes, sabonetes, loções e afins disponíveis nas prateleiras.

De fato, já são muitas as opções voltadas só para eles. E para não fazer confusão, a dica é procurar orientação especializada antes de ir às compras, ensina o dermatologista Francisco Le Voci, da Sociedade Brasileira de Dermatologia e do Hospital Albert Einstein.

Segundo o especialista, só o médico pode avaliar as características de cada pele e receitar os produtos mais indicados. Assim, é mais fácil ser objetivo e econômico – bem ao gosto masculino.

Cuidados simples mantêm a saúde da pele deles

Em geral, na hora de cuidar da pele, existem três etapas básicas que não podem ser esquecidas: higienização, hidratação e proteção. A higienização é a limpeza com um sabonete adequado, que pode ser em barra, gel, líquido ou espuma. Depois, vem a hidratação com cremes, loções ou géis, também específicos para cada caso.

Por fim, mas não menos importante – muito pelo contrário -, vem o protetor solar, que deve ser aplicado em todas as regiões expostas, mesmo quando está nublado. Segundo Le Voci, o FPS deve ter Fator de Proteção Solar (FPS) entre 15 e 30, com reaplicações de duas em duas horas. E as três etapas devem ser seguidas diariamente.

Idade e tipo de pele influenciam na escolha dos produtos

O especialista explica, ainda, que os cuidados com a pele masculina variam de acordo com a idade e os objetivos que se quer alcançar. “No adolescente, há uma tendência para espinhas, o que requer produtos específicos. Já o adulto tende a ter a pele mais espessa e oleosa, até por características hormonais”, avalia.

Em qualquer idade, quem tem a pele mais sensível pode optar por hidratantes com outros princípios ativos associados, como anti-inflamatórios. Geralmente, homens com esse tipo de pele têm problemas para se barbear, pois a pele fica irritada.

Por isso, é necessário fazer uma análise individualizada, pois as respostas aos produtos também variam. Até o desodorante escolhido pode irritar e ressecar a pele das axilas, por exemplo. Outro fator que deve ser considerado é o tempo disponível para os cuidados e quanto é possível investir.

Explorar mais esses tópicos
Voltar ao topo