2000 - 2009: Criando novos caminhos

Conforme os desafios nos negócios, no ambiente e nas comunidades crescem, a Unilever se transforma de forma organizacional e estratégica para garantir a permanência como um negócio sustentável.

Ben & Jerry's Fairtrade Chunky Monkey ice cream ad from 2008

Conforme os hábitos de compras das pessoas começam a mudar e os consumidores se tornam mais motivados socialmente, ambientalmente e civicamente, a Unilever também adota uma mudança, tanto na forma como nossos negócios são estruturados quanto na forma que pensamos. Nossa estratégia de Caminho para Crescimento leva a mais aquisições e a racionalização da fabricação e produção de locais para formar centros de excelência. O programa One Unilever alinha a organização por trás de uma única estratégia, simplificando nossos negócios e impulsionando nossa escala de forma mais eficaz.

Também nos apoiamos em nosso longo histórico de propósito social ao integrar o pensamento sustentável ainda mais nas nossas atividades diárias.

Em 2002, a marca Lifebuoy lança seu programa de educação sobre a higiene, Swasthya Chetna, que fará a diferença na vida de 120 milhões de pessoas nas áreas rurais da Índia. Em 2004, nos tornamos um membro fundador da Roundtable on Sustainable Palm Oil (RSPO). Em 2008, em um esforço para ajudar a conter o desmatamento, anunciamos nosso compromisso de remover todo nosso óleo de palma de fontes sustentáveis certificadas até 2015.

Conforme a década chega ao seu final, todo mundo está enfrentando uma incerteza econômica e ambiental sem precedentes. As mudanças que a Unilever adotou resultam no lançamento da estratégia Compass em 2009, que nos prepara para enfrentar a próxima década com um modelo de negócios realmente sustentável: duplicar o tamanho de nossos negócios enquanto reduzimos nosso impacto ambiental.

Destaques

2000

A Bestfoods se une a Unilever na segundo maior aquisição da história. Outras aquisições incluem Slim-Fast Foods, Ben & Jerry’s e os negócios culinários Amora-Maille na França.

Nos lançamos o Unilever Health Institute – um centro de excelência em nutrição, saúde e vitalidade.

2001

Até 2001, a Unilever reduziu suas marcas de 1.600 para 900. DiverseyLever, Elizabeth Arden e Unipath são vendidas.

2002

Nosso portfólio de marcas é remoldado e melhorado através da aquisição e venda de 87 negócios, gerando €6,3 bilhões de produto de vendas.

2003

O Unilever Health Institute abre centros regionais em Bangkok, Tailândia e Accra, Gana.

A Política de Nutrição e a Academia de Nutrição e Saúde são lançadas.

2004

A missão Vitalidade é lançada e uma nova marca Unilever é comercializada, incluindo o novo logotipo que representa a diversidade da Unilever, nossos produtos e nossos funcionários.

2005

A Unilever vende a Unilever Cosmetics International (UCI) para a Coty Inc dos Estados Unidos. A venda está em linha com a estratégia da Unilever de focar nas principais categorias.

O Nutrition Enhancement Programme é concluído, através do qual 16.000 produtos são avaliados em nível de gorduras transgênicas, gorduras saturadas, sódio e açúcar e, quando necessário, foram tomadas ações.

2006

Antony Burgmans renuncia como Presidente depois de estar com a empresa por mais de 35 anos. Michael Treschow o sucede como o primeiro Presidente independente dos Conselhos da Unilever.

A nova tecnologia ajuda a criar Small & Mighty, o primeiro sabão líquido para máquina que utiliza um terço da embalagem, um terço da água e um terço do transporte de líquidos diluídos.

2007

A Unilever anuncia acordos para adquirir a marca de bebidas energéticas Buavita na Indonésia e Inmarko, a empresa de sorvetes líder na Rússia.

A Unilever se compromete a obter todo o chá de fontes sustentáveis e éticas, pedindo que a Rainforest Alliance comece uma auditoria em nossos fornecedores de chá com efeito imediato.

2008

Anunciamos a venda de vários negócios, incluindo os negócios de lavanderias na América do Norte, nosso negócio de óleo comestível na Costa do Marfim, nossos interesses em plantações de óleo de palma locais, Palmci e PHCI, e a empresa de óleo de oliva e vinagre Bertolli para o Grupo SOS.

Nos comprometemos a fazer negócios com fontes sustentáveis de óleo de palma até 2015, comprando nosso primeiro lote de óleo de palma sustentável certificado em novembro.

Pelo décimo ano em funcionamento, a Unilever é nomeada a líder do setor de alimentos nos Índices de Sustentabilidade da Dow Jones – a única empresa a conseguir esse prêmio.

2009

Paul Polman assume como Diretor Executivo em 1º de janeiro, sucedendo Patrick Cescau, que se aposentou depois de 35 anos de serviço para a empresa.

A Unilever compra 185.000 toneladas de óleo de palma sustentável através de certificados GreenPalm, contabilizando cerca de 15% de suas necessidades totais.

Cerca de 80% dos chás Lipton Yellow Label e PG Tips vendidos na Europa Ocidental são provenientes de plantações certificadas. O chá certificado pela Rainforest Alliance também é disponibilizado nos Estados Unidos, Japão e Austrália.

Cerca de 17 milhões de refeições escolares são entregues para 80.000 crianças através de nossa parceria com o World Food Programme.

Próximo ao final do ano, a Unilever lança nossa visão renovada: duplicar o tamanho de nossos negócios enquanto reduzimos nosso impacto geral no ambiente.

Voltar ao topo