Toggle Busca

  1. Home
  2. ...
  3. Inovações de Produtos
  4. Pele maravilhosa – um velho problema

Pele maravilhosa – um velho problema

O futuro dos cuidados com a pele está configurado para ser de alta tecnologia. Enquanto isso, a maneira mais simples de evitar os danos à pele é a mesma de sempre – ficar longe do sol, ter uma dieta balanceada e evitar o estresse.

Ficar longe do sol

Women looks in a mirror to check her face

Enquanto os fatores genéticos influenciam a saúde da pele até certo grau, alguns danos podem realmente ser controlados e evitados. A exposição aos raios UV é extremamente corrosiva, pois aumenta a produção de radicais livres que danificam o colágeno responsável pela elasticidade da pele. O estresse e as toxinas pioram o problema e levam a uma situação na qual a integridade da rede de colágeno é desafiada – e isso pode fazer com que a pele perca elasticidade e apareçam rugas.

 

A beleza é pele profunda

O processo de envelhecimento da pele começa cedo. Com o aumento da idade, a epiderme (a camada mais superficial da pele) começa a ficar mais fina e a perder a elasticidade. Abaixo da epiderme se encontra a derme, uma camada de pele mais grossa composta de uma rede de fibras de colágeno e elastina, que mantém a pele firme e com aparência jovem.

Nova tecnologia antienvelhecimento

Existem muitos tipos de receptores nucleares de hormônios na pele. Eles regulam processos tais como a reparação da pele e a produção de colágeno. Um desses genes regulatórios é o PPAR (Receptor Ativado por Proliferadores de Peroxissomo). Nossa recente pesquisa teve como foco a seleção de compostos que podem unir-se ao PPAR e dessa maneira ativar o receptor nuclear que regula a síntese do colágeno.

Em outras palavras, isso significa que um composto de sucesso em um produto para cuidados com a pele ofereceria um novo caminho para a reparação da pele, levando a uma pele mais firme e com menos rugas.

O futuro está nas folhas?

Existem muitas semelhanças entre as folhas de uma planta e a pele humana. Ambas são tecidos finos, delicados e complexos, possuem uma grande área de superfície em relação ao volume, são muito ativas metabolicamente e estão expostas à luz UV durante grande parte do dia. Mas, diferentemente da pele humana, as folhas das plantas possuem fortes sistemas de defesa antioxidantes que podem reprimir as grandes quantidades de radicais livres produzidas pelo metabolismo e promovidas pela exposição aos raios UV. Isto nos levou a pesquisar formas de imitar as estratégias das plantas para proteger a pele contra o envelhecimento.

Beleza vem de dentro

Os atuais produtos para Cuidados Pessoais agem fundamentalmente na superfície da pele – mas muitos compostos potencialmente eficazes não podem penetrar nas camadas mais profundas e, portanto, não atingem os fibroblastos na derme. Os fibroblastos são células distribuídas na derme e responsáveis pela produção da rede de proteínas essenciais para a estrutura da pele. Como a pele tem um bom suprimento sanguíneo, os ingredientes ativos ingeridos por meio de dieta e retomados pela corrente sanguínea estão suscetíveis a atingir a pele por dentro.

Voltar ao topo